15 agosto 2007

BEABÁ para jornalistas capixabas II

Módulo um, segunda lição:

que negócio é esse de IDH? É o inceticida que eles colocam no eucalipto?

mais ou menos.

(...) Além da escassez: poder, pobreza e a crise mundial da água. O relatório mostra que quase 2 milhões de crianças morrem todos os anos por falta e um copo de água limpa e banheiro em suas casas. Fora dos domicílios, a disputa pela água para produção se intensifica, prejudicando os menos favorecidos das áreas rurais e o meio ambiente. O texto recusa a idéia de que a crise mundial da água é resultado da escassez e defende que a pobreza, o poder e as desigualdades é que estão no âmago do problema. O relatório aponta que, no ritmo atual, as metas dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio relacionadas saneamento e água não serão cumpridas no prazo. (...)
+++++++++
Leia mais clicando no título.
Nossa campanha está um sucesso. Mande seus textos para ajudar nossos jornalistas.

2 comentários:

Carla Rosa Soares disse...

Sandro, há tempos acompanho aqui o blog, e até divulgo retirando trechos publicados e enviando por email, mas nunca comentei.
Comento a partir de agora para parabenizá-lo pela companha Beabá para jornalista. Uma campanha de grande valor e que deve ser incentivada pela sua enorme necessidade!

Valeu pelo espaço maravilhoso de conhecimentos que encontro aqui.
Beijo.
Carla Rosa Soares

Júlio Gomes disse...

Então Sandrão, a campanha é 10.
O diabo é que quem aprender o beabá não vai ter mais lugar, aqui no ES, onde escrever.De modos que corremos o risco de lidar, no jornalismo, com este analfabetismo estratégico anida por mais tempo .

Tô sempre passeando por aqui, tentando alimentar minha esperança na ciência.
abraço