22 fevereiro 2010

Dez anos de Rede Social de Justiça e Direitos Humanos


A Rede Social de Justiça e Direitos Humanos publicou se décimo Relatório!

Segue no link a edição completa do relatório com textos muito interessantes.

Eu publiquei um artigo no qual discuto racismo, cidadania, etc. Agradeço os comentários.



(...) Com muita euforia e sem efeito prático algum, o Estatuto da Igualdade Racial
foi aprovado e aclamado como um grande feito. A aprovação do Estatuto da
Igualdade Racial, depois de mais de dez anos de debates, revela que ele foi transformado
em moeda de troca do jogo partidário. Ou seja, o Estatuto da Igualdade
Racial transformou um capítulo importante da Constituição, a autodeterminação,
em mais uma forma de tutela distanciando-se da perspectiva emancipatória.
Este caminho não irá colocar um fim às reivindicações das populações discriminadas
étnica e racialmente, pois o desejo de liberdade é uma raiz funda que está
latente no cotidiano desta população.(...)

Um comentário:

Rolf Malungo de Souza disse...

Oi Sandro, eu enviei um e-mail para você, ok?

Um abração,